segunda-feira, junho 20, 2016

. .

Uma pausa no blog: um olhar atento para mim



Tinha tudo para estar feliz, estava voltando de duas viagens de férias bacanas, uma junto a minha família na minha cidade natal e uma segunda viagem, romântica e a dois com meu marido, quando fui surpreendida por algo que já tinha ouvido falar, mas que era (e é) doloroso sentir: a depressão.

Quando surgiram os primeiros sintomas, era uma tristeza e angustia forte acompanhadas de momentos de choro ou não que achava que fosse algo passageiro. Mas, não era. Depois destes sentimentos, surgiram medos estranhos que nunca senti antes: medo de ficar sozinha, andar de metrô (algo que fazia até pouco tempo sem problemas), lugares muito aglomerados e uma dificuldade grande de dormir ou com o sono interrompido várias vezes por um misto de medo e angustia.

Devido a todos estes sentimentos e sintomas que me angustiavam (e de forma mais espaçada ainda angustiam) senti uma tensão no corpo, como se tivesse querendo ficar resfriada ou como se tivesse andado o dia inteiro. Sensações nada agradáveis que me angustiavam que não sabia o que era.

No que me restava do pouco de pensamento racional e, é claro com apoio de muitas pessoas que me amam, procurei imediatamente ajuda, antes que meu quadro ficasse pior do que estava.

Hoje estou aproximadamente no dia 22 que tive o diagnóstico de depressão que não entrarei em detalhes sobre as causas e demais detalhes que é um assunto íntimo entre eu e meu médico, mas o motivo deste post foi mostrar que ninguém está imune a esta doença. Tinha preconceito por achar que fosse loucura, mas que não é. A depressão pode ter várias causas e cada pessoa sente de uma forma. Por isso, fiquem atentos se sentem algo que não podem explicar e o mais breve possível.

Tem dias que estou bem, tem dias que não são tão bons, mas todo dia tenho me esforçado para acordar e seguir a minha vida, tentando fazer coisas leves, coisas que gosto, como ver um filme e quando estou um pouco mais animada, fazer leve exercício físico (que tem muitos benefícios para a depressão e que poderá ser tema de outro post por aqui).

Esta fase serviu para que eu refletisse na forma de vida que estava levando que prejudicou a saúde, rever meus valores e cada vez mais ter gratidão pelas pessoas que me amam e estão do meu lado, este é o sentimento maior que toda esta dor e sofrimento (que estou passando) me mostraram de bom e de lição.

O processo de tratamento é longo e também ser um exercício de paciência em respeitar meu limite. 

Depressão

O transtorno depressivo é um transtorno psiquiátrico que afeta pessoas de todas as idades. Caracteriza-se pela perda de prazer nas atividades diárias (anedonia), apatia, alterações cognitivas (diminuição da capacidade de raciocinar adequadamente, de se concentrar ou/e de tomar decisões), psicomotoras (lentidão, fadiga e sensação de fraqueza), alterações do sono (mais frequentemente insônia, podendo ocorrer também hipersonolência), alterações do apetite (mais comumente perda do apetite, podendo ocorrer também aumento do apetite), redução do interesse sexual, retraimento social, ideação suicida e prejuízo funcional significativo (como faltar muito ao trabalho ou piorar o desempenho escolar) (Fonte Wikipedia).


P.S.  o Blog começa a ser um alento neste momento e com o tempo promete passar por uma nova fase.

quarta-feira, maio 25, 2016

. .

Dicas e curiosidades de Manaus: Passeios



Como dito no post anterior, a dica para driblar os dias quentes que normalmente fazem em Manaus é fazer passeios a céu aberto durante a manhã (até às 11h) ou após as 16h. No caso de passeios de carro, normalmente na cidade os carros e ônibus de turismo são equipados com ar condicionado.

A dica de look que recomendo é apenas bermuda, e blusas soltinhas e leves. No pé no máximo uma sapatilha ou sapato levinho e sandálias, ao ajudar no conforto frente ao clima quente e úmido.






Esta viagem que fiz a Manaus foi mais para relaxar e visitar a família e foi que fiz, dos poucos passeios que recomendo estão Ponte Rio Negro que liga o município de Manaus a Iranduba e é a maior  ponte fluvial  e estaiada do Brasil com 3,6 quilômetros  de extensão.Foi inaugurada em outubro de 2012 e é alvo de discussões políticas, pois foi uma das obra mais  super faturadas na região.

Detalhe Praça São Sebastião  e ao fundo igreja de mesmo nome 

Outro passeio clássico foi na Praça São Sebastião que não contente fui duas vezes, de noite e de dia. Recomendo a visita de dia que garante fotos melhores.


Detalhe calçada da Praça de São Sebastião e minha sombra (e dedo hehe) que remete ao encontro das águas





Acima, detalhes do monumento no centro da Praça de comemoração do  IV centenário do Descobrimento do Brasil




Teatro Amazonas de frente e lateral com detalhe da cúpula


Na praça São Sebastião, no centro de Manaus, você tem o grandioso Teatro Amazonas, símbolo da Belle Époque, no auge do ciclo da borracha que até hoje é cenário de espetáculos (em maio normalmente acontece o Festival de ópera nele) e em frente do mesmo tem a Igreja de são Sebastião  e a Praça de São Sebastião que possui calçada que remete ao encontro das águas e o Monumento de comemoração  ao IV centenário do descobrimento do Brasil inaugurado em 1900 e fica no centro da Praça e tem várias faces em bronze, representando os continentes.





Acima Ponta Negra e a vista do Rio Negro


Para quem quer ver a vista do Rio Negro (que aliás é possível em vários pontos da cidade) tem como opção a Ponta Negra, que é uma praia fluvial  às margens do Rio Negro e que lá normalmente ocorrem diversas  apresentações artísticas  e tem ainda um calçadão que permite a prática de exercícios físicos e esporte ou simplesmente para passear e  apreciar a beleza  natural.  Tirei muitas fotos por lá.


Um passeio que foi tranquilo, emocionante e que deixou saudade! Mais detalhes viagem no meu Instagram @joysilvay.

Quem sabe em breve não retorno a cidade!

domingo, maio 22, 2016

. .

Dicas e curiosidades de Manaus: clima, compras e gastronomia





A viagem de Manaus foi de muitas lembranças e emoções e pude observar muitas mudanças na cidade nos últimos 4 anos (fazia 4 anos aproximadamente que não ia a Manaus). Neste post, além das observações da cidade, aponto dicas para quem pretende ou está indo para a cidade.

Algumas observações rápidas que percebi o crescimento de estabelecimentos comerciais na cidade, talvez reflexo da Copa do Mundo que a cidade sediou alguns jogos. A começar pelo aeroporto que deu um crescimento bem significativo, ficou mais amplo e organizado.

O que tem de lanchonetes, pizzarias e hotéis na cidade é muito grande, o que é bom frente a um cenário de crise no restante do país, mais gente com emprego pelo menos no setor comercial. Mas, pelo que ouvi por lá, tem gente sofrendo com a crise, infelizmente.

Dica quanto ao clima: até meados de junho no Amazonas (e região Norte) é inverno por isso, não se surpreenda com chuvas super fortes (temporais, normalmente entre as 14h-15h). Com a chuva dá uma amenizada de leve na temperatura, que é alta o ano inteiro. Recomendo que para quem não esteja acostumado com  temperaturas altas, não saia em passeios a céu aberto pela cidade após às 11h30, pois tende a temperatura estar na casa dos 35°C fácil, fácil. Para passeios de dia recomendo após às 16h em lugares a céu aberto como praças, parques ou logo cedo pela manhã.

Para quem não vive sem shopping center, a cidade deu um crescimento nos mesmos, sendo alguns já bem conhecidos, como pequenos centros comerciais que surgiram vários nos últimos anos. Sabe aquelas galerias de lojas que é comum em cidades como Rio de Janeiro e outras pelo Brasil, por lá tem várias, às vezes mais de uma em um mesmo bairro. Os shoppings não deixam a desejar a nenhum de São Paulo, fui a dois nesta minha ida a cidade o Manauara Shopping e o Amazonas Shopping (um dos mais antigos da cidade). 





Acima, parte interna do Shopping Manauara com decoração elementos regionais

Uma curiosidade do Shopping Manauara é a própria arquitetura que incorpora alguns elementos da floresta, como uma mini floresta de Buritizais na parte externa (ver primeira foto) e elementos regionais na decoração. 



Dica de compras em Manaus pra levar de recordação da cidade são os vasos de cerâmicas ou palha feitos na região para quem gosta de decorar a casa com itens rústicos. Para presentear, alguma iguaria de doce local, como as conhecidas balas de cupuaçu e castanha, presentes ótimos e acessíveis ou doces como geleias de frutas regionais. Este ano, por conta da dieta e para evitar mesmo não comprei nada de doces, embora tenha experimentado alguns.



Sorvete de tapioca



Tacacá 


Entre as guloseimas locais experimentadas estão o sorvete de tapioca que não resisto, na sorveteria Glacial que é bem tradicional na cidade e que tem vários pontos da cidade. O tacacá que é uma iguaria amazônica que é uma espécie de sopa indígena que sofreu algumas alterações com os anos. É basicamente feita com temperos como sal, alho, cebola, coentro, este caldo é colocado em cima da goma da tapioca junto ao tucupi, um líquido leitoso amarelado extraído da mandioca, tudo isso é fervido e após o repouso, a goma fica no fundo do prato e sobe o tucupi. É acrescentado a este caldo camarões secos e o jambu, uma folha verde escura que tem o efeito de adormecer a boca (adoro). É claro que tomei.O tacacá que recomendo é o Tacacá da Tia Socorro que tem até delivery. 


Na foto, banana frita, com bolo de macaxeira (mandioca) e bolinho boliviano


Uma iguaria que não é típica amazônica, mas só encontro lá é o chamado bolinho boliviano que acredito ser de origem boliviana, mas posso estar enganada e estar presente em outros locais. É um bolinho que tem uma massa que lembra a da coxinha ou do bolinho de chuva, pois é mais leve , o recheio leva normalmente frango, pimenta e uvas passas e por fora, apenas de ser um bolinho salgado, é polvilhado com açúcar e canela (bem pouco). Experimentei um bolinho que em vez de canela, senti um toque de pimenta no açúcar.



Prato no O Remador, com tambaqui assado com acompanhamentos como farofa, arroz tropeiro, vinagrete e banana frita

.


Fast food que comi por lá no Caboquinho, que me surpreendi, um tambaqui grelhado com molho de castanhas, arroz com brócolis, purê de batata (ambos não são tão regionais) e farofa molhadinha. 


 Mesa tipica regional com pirarucu (filé empanado), jaraqui e tucunaré; feijão tropeiro, molho de tucupi e pimenta e limão)


Sem falar nos peixes regionais que não tem nenhum igual em lugar algum. Já no primeiro dia na cidade já fui comer meu adorado tambaqui (assado) em um restaurante chamado O Remador que não conhecia e adorei, pela comida e pelo atendimento. Além do tambaqui incrível, vale pela entrada que é servido em uma xícara, o caldo de peixe tambaqui. Super temperado.

Também tem outros peixes locais conhecidos como o Tucunaré, o Jaraqui e o Pirarucu.


Vale experimentar cada iguaria da terrinha! Logo mais indico informações sobre alguns passeios feitos na cidade. 

sexta-feira, maio 20, 2016

. .

Moda outono-inverno em tons claros





Outono resolveu dar as caras com temperaturas reduzidas em São Paulo de aproximadamente 15° graus e que tem gelado muito as nossas noites, não é mesmo? O frio combina com roupas escuras, o que vemos com freqüência nas ruas, mas está querendo inovar no guarda-roupa usando peças claras?  Dá para sair do comum e usar peças claras nos dias mais frios, seja no look total ou em algumas peças.


Look preto e branco, também pode ser inovado com acessórios diferentes

Um jeito de usar cores claras no frio é apostar em uma peça do look em tom claro, como por exemplo, o visual preto e branco.


Look todo em branco, quebrado com acessório colorido

Look combinando tom pastel com branco e acessório colorido ou em tom escuro

Para que quer ousar, opte pelo look todo em branco que é mais comum para quem trabalha na área de saúde e beleza que normalmente já usam a cor. Mas, para quem não é destas áreas, pode quebrar o look com um acessório colorido, seja uma bolsa, um lenço/cachecol.

 Look com apenas uma peça em tom pastel 
Look total em tom pastel 


E uma terceira forma de usar look claro no frio é usar os tons pastéis que geralmente são tons de creme, azul clarinho, rosa, amarelo, etc. Para quem não seja look total em tons pastéis, pode quebrar o look com alguma peça escura que fica bem harmonioso, apesar do contraste.

Lembrando que os acessórios podem inovar nos looks, principalmente para mudar no look a cada dia. 


Gostaram das dicas? 

segunda-feira, maio 16, 2016

. .

Organizando a mala para enfrentar o frio




Estou ainda em minha viagem de férias parte 1, para um destino quente, mas logo mais tenho uma viagem marcada para um local de clima ferio. Seguem algumas dicas de como organizar a mala para um local frio.

Aqui no Brasil e no hemisfério sul estamos no auge do outono –inverno e em alguns lugares a temperatura é reduzida. Se seu destino for alguns lugares do hemisfério Sul por esta época de inverno ou futuramente para outros países que estarão no outono-inverno, lá vão algumas dicas para a mala para enfrentar o frio.

1 1. Pesquise sobre o clima do local pelo menos uma semana antes da viagem;

22. Invista em um casaco de cor neutra (no máximo um segundo) de preferência em cor escura, pois é mais fácil de combinar e também você vai usá-lo a todo o momento.

Se for a um lugar onde o inverno é mais rigoroso, pode também deixar para comprar um casaco de frio no seu destino, pois são mais em conta do que se fosse comprar no Brasil;

33. Botas: invista em modelo confortável e de preferência de salto pequeno ou sem salto. Em invernos mais rigorosos talvez precise comprar uma bota no seu destino daquelas com pelinho interno e solado emborrachado (ideal para enfrentar a neve). Caso leve uma bota do Brasil, invista numa palmilha térmica que vai ajudar a aquecer mais os pés;



44.  Invista nos acessórios: como as roupas de inverno são sempre escuras e muito iguais, invistam em acessórios como cachecóis, lenços, gorros, chapéus, luvas, óculos de sol diferentes com cores, estampas. Desta forma, além de inovar no visual também economiza espaço na mala e garante looks diferentes a cada dia da viagem.

55. Segunda pele: no inverno no Brasil raramente passamos por temperaturas muito baixas (com exceção do Sul do Brasil). Por isso, não é comum usar segunda pele  que ajuda a aquecer e proteger o corpo do frio rigoroso. No Brasil você pode achar esta segunda pele em lojas que vendem produtos para esporte como esqui. Também pode comprar segunda pele no local onde estiver indo.

66. Se você gosta de usar vestidos, leve pelo menos um e também meia calça bem grossa;

77.  Se não dispensa a calça jeans, ela não aquece nada no frio e por isso, use uma leggig térmica embaixo da calça.

Essas são algumas dicas para auxiliar na montagem da mala para enfrentar o frio e segue um vídeo que acho o máximo da Luiza do Chata de Galochas que dá dicas bem valiosas para quem já enfrentou frio rigoroso.






terça-feira, maio 10, 2016

. .

Dicas Kim Kardashian para o instagram perfeito




Kim Kardashian é uma das celebridades americanas mais influentes no Instagram (com 69,4 milhões de seguidores) e que é conhecida por suas fotos muitas vezes polêmicas na rede social assim como fora dela. Ela postou inclusive no Instagram dela (@kimkardashian)  algumas dicas de como fazer fotos interessantes para seu Instagram. Seguem elas...

  1. Não use mais do que um filtro em suas fotos.  Segundo Kardeshian, manter o mesmo filtro é o primeiro passo para criar um bom perfil e o seu feed fica mais bonito e harmonioso.

 2. Tentar manter o mesmo mood. A palavra mood em inglês significa modo de sentir,  estado de espírito. Ou seja, criar uma mesma vibe para as fotos, como por exemplo criar fotos com o mesmo tipo de fundo, colocar margens brancas em suas fotos, seguir a mesma cartela de cores  nas fotos, etc.

33. Não poste muito de um mesmo evento, embora Kardashian posta muitas vezes várias fotos do mesmo avento, ela afirma que esta dica é a mais difícil. Mas, caso prefira fazer uma sequência de fotos que não faça isso com freqüência.

Que tal as dicas de Kim Kardashian? São simples as dicas e que podem ser colocadas em prática em seu perfil no Instagram.


Foto | @ Kimkardashian





segunda-feira, maio 09, 2016

. .

Instamês (atrasado) de abril 2016 e férias






O mês de abril foi agitado para mim como no cenário político, mas para mim principalmente com a ansiedade e expectativa das minhas férias que seriam (está ocorrendo) no mês de maio.

O início de maio foi inclusive conturbado com os últimos dias de trabalho e com os preparativos da viagem que ocorreram no último dia 6/05 e não pude escrever aqui no blog. Quanto ao mês de abril, comecei com um Funko Pop para a minha coleção que é um pop da Mulher Maravilha, que é uma das personagens heroínas que adoro.



Também para marcar o inicio da estação Outono, comecei a fotografar por ai  a paisagem que está mudando com a nova estação que é uma das minhas preferidas!



O mês de abril teve momentos tristes com a morte do meu pet peixinho Sushi que se foi e que não tem como não ficar triste.



Aqui em casa abril é o mês de muitas comemorações e para marcar uma dessas comemorações comemos muitas tortas e doces, como um Red Velvet que experimentei por ai e adorei!



No cenário político abril foi agitado com as eleições na Câmara da aprovação do Impeachment da presidente Dilma e que fiz questão de registrar no meu Instagram.  Esta semana será decisiva com eleições no Senado Federal.



Em abril, Meg fez uma pequena cirurgia no olho que tadinha teve que ficar com um cone que ficou divertido e ela, como é um doce, não reclamou de nada.



Finalzinho de abril (já em clima de férias) teve estréia de Capitão América – Guerra Civil que assisti junto com o maridon e que aproveitamos para curtir minhas tão esperadas férias!



Antes disso, ainda aproveitei para registrar mais uma tarde friazinha de outono em São Paulo. Maio será de relaxamento e muitas novidades para contar!


Para quem não conhece meu Instagram é @joysilvay.

Fotos | Acervo 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analitcs